Ir para conteúdo

Conceito de meio ambiente

Por :  Ana Marina Martins de Lima – Ambiente do Meio

 

Parque do Ibirapuera (6)De acordo com a resolução CONAMA 306:2002:“Meio Ambiente é o conjunto de condições, leis, influencia e interações de ordem física, química, biológica, social, cultural e urbanística, que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas”
Encontra-se na ISO 14001:2004 a seguinte definição sobre meio ambiente: “circunvizinhança em que uma organização opera, incluindo-se ar, água, solo, recursos naturais, flora fauna, seres humanos e suas inter-relações.”
Uma organização é responsável pelo meio ambiente que a cerca, devendo, portanto, respeitá-lo, agir como não poluente e cumprir as legislações e normas pertinentes (ISO 14001).
Apesar de se encontrar na Norma referência sobre a responsabilidade das organizações com o meio, muitas fábricas que possuem principalmente atividades ou processos danosos ao meio ambiente e que passam a sofrer restrições no seu país de origem devido as  leis locais, acabam se transferindo ou mudando essa produção para outro país onde não haja impedimento ou lei específica. A maior parte destes países está em desenvolvimento, e seus governantes, interessados na entrada de capital na sua economia, acabam submetendo a população aos riscos ambientais que são gerados. Isso está começando a mudar, com a conscientização de que tudo está interligado no planeta, e mesmo com a pressão de grupos ambientalistas e organizações internacionais que trabalham pela igualdade e respeito à vida.
No Art. 225 da Constituição Federal há a seguinte frase: “Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à qualidade de vida impondo-se ao Poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações”.
A sociedade como um todo é responsável pela preservação do meio ambiente, então, é preciso agir da melhor maneira possível para não modificá-lo de forma negativa, pois isso terá consequências para a qualidade de vida da atual e das futuras gerações, entendendo que: “O meio ambiente concebido, inicialmente, como as condições físicas e químicas, juntamente com os ecossistemas do mundo natural, e que constitui o habitat do homem, também é, por outro lado, uma realidade com dimensão do tempo e espaço. Essa realidade pode ser tanto histórica (do ponto de vista do processo de transformação dos aspectos estruturais e naturais desse meio pelo próprio homem, por causa de suas atividades) como social (na medida em que o homem vive e se organiza em sociedade, produzindo bens e serviços destinados a atender “as necessidades e sobrevivência de sua espécie”  (EMÍDIO, 2006, p.127).
O espaço ocupado pelo homem está a todo o momento sofrendo modificações relacionadas ou impostas pelo próprio homem, que podem ser danosas ao meio quando não administradas corretamente.

Mais informações em:

TCC SENAC GESTÃO AMBIENTAL – PDF

Palestra Realizada no Centro Universitário do SENAC

Lembramos que é  autorizada a reprodução  parcial mas a fonte deve ser citada.

Fonte: Lima, Ana Marina Martins de, Silva, Antonio Carlos da, Silva, Luciani Costa. Proposição de Implementação de um Sistema de Gestão Ambiental no Instituto Adolfo Lutz. (Monografia de conclusão do curso de Pós Graduação em Gestão Ambiental). SENAC. São Paulo 2007.

Categorias

Editorial

46 comentários em “Conceito de meio ambiente Deixe um comentário

  1. ambiente é todo o meio em que os seres vivos podem viver intergindo entre si. É onde o homem eoutros seres cohabitam uns servindo aos outros numa cadeia de alimentação em que tem predadores dos outros.

  2. Vejo como é interessante o assunto meio ambiente e ao mesmo tempo muitas pessoas ainda se interessam pelo mesmo.. Assim como alguns vim a proucura de algo para escrever em minha monografia, e que bom que as idéias que voces tem em relaçao ao meio ambiente estao me ajudando! Porém nao podemos só discutir o que devemos e o que nao devemos fazer para tentar “salvar” o planeta, e sim por em prática!
    Um grande abraço, e espero que me ajudem mais…

  3. Bom dia, para mim está sendo altamente gratificante poder aprender mais sobre “MEIO AMBIENTE”através do Conceito de Ana e das respostas dada pelos participantes. Sou professora de alguns instituições privadas nível superior e por incrível que pareça fui chamada para ministrar no curso técnico a disciplina Meio Ambiente com carga horária de 20/a. A princípio fiquei com receio, mas aceitei o desafio e estou correndo atrás para ampliar o meu conhecimento acerca desse tema tão polêmica e que precisa sim ser urgentemente inserido em todas as camadas sociais. Foi um prazer.
    Professora, especialista Ivanete Coimbra.

  4. Amigos do meio ambiente, bom dia, eu gostaria muito de saber o historial do meio ambiente, quando como a ser implementado e quando do seu surgimento? Obrigada

  5. pois bem muito legal isso + parece que o homem cada dia que passa o homem se esqueçe disso tudo , pois o nosso ambiente cada minuto que passa é explorado deixando cada vez + de ser sustentavel

  6. Estou cursando Técnico em Segurança do Trabalho – SENAC SJ do Rio Preto-SP e Meio Ambiente tem tudo haver com o curso, e gostaria de receber algumas referencias sobre Meio Ambiente. Um abraço e parabens

  7. olá ana maria, achei maravilhoso o que voce escreveu. estou fazendo meu tcc e preciso da referenrencia da citação que voce pôs no texto (EMÍDIO, 2006, p.127).
    adoraria que voce me ajudasse!

    um abraço e parabéns!

  8. Olá Ana Marina!!! Adorei seu texto e gostaria de receber algumas referências de autores que falem sobre o meio ambiente, pois estou fazendo minha monografia que tem como tema A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ZONA RURAL, e toda e qualquer sugestão será bem vinda!!!

    Um abraço e parabéns!

  9. gostei muito da definição sobre o meio ambiente. Estou cursando posgraduação em gestão ambiental.
    UCAM,RJ

  10. Também gostaria de colocar a referênca da citação feita pelo EMÍDIO…Se possível, teria como me passar? Grata!

  11. Ola gostaria de colocar na minha monografia uma citação que peguei no site só que na citação de voces não tem bibliografia gostaria que me passase a referencia de (EMÍDIO, 2006, p.127). preciso tambem da editora, espero um breve retorno, abraço.

  12. às 14:47
    Não se pode transformar alguém em ambientalista, nem tão pouco fazer com que todos os grupos entendam as ações de grupos ou ONGs em prol do meio ambiente. Mas é certo dizer, a cada um de nós, que qualquer atitude positiva que tenhamos, seja reduzindo o uso de copos plásticos, direcionando os nossos resíduos, consumindo menos ou consumindo conscientemente, reduzindo o desperdício de alimentos, utilizando menos sacolas plásticas, mantendo a praia limpa quando a visitamos, ou quem sabe consumindo menos energia ou água… Qualquer atitude fará com que o mundo em que vivemos seja preservado para as próximas gerações.

    As últimas gerações destruíram demais o que encontraram tudo em benefício de um mundo mais “avançado”, porém não resolveu problemas básicos como a questão da sustentabilidade. Existem milhares que pessoas fragilizadas por conviverem em ambientes inóspitos, que as farão migrar para regiões habitáveis… Os problemas ambientais relacionados ao aquecimento global estão em nossas tv´s todos os dias.
    beijos e obrigado

  13. MEIO AMBIENTE É O MEU HABITAT É A MINHA EVOLUÇÃO GENÉTICA, POR ISSO PRECISO AMA-LO E PRESERVA-LO

  14. Não se pode transformar alguém em ambientalista, nem tão pouco fazer com que todos os grupos entendam as ações de grupos ou ONGs em prol do meio ambiente. Mas é certo dizer, a cada um de nós, que qualquer atitude positiva que tenhamos, seja reduzindo o uso de copos plásticos, direcionando os nossos resíduos, consumindo menos ou consumindo conscientemente, reduzindo o desperdício de alimentos, utilizando menos sacolas plásticas, mantendo a praia limpa quando a visitamos, ou quem sabe consumindo menos energia ou água… Qualquer atitude fará com que o mundo em que vivemos seja preservado para as próximas gerações.

    As últimas gerações destruíram demais o que encontraram tudo em benefício de um mundo mais “avançado”, porém não resolveu problemas básicos como a questão da sustentabilidade. Existem milhares que pessoas fragilizadas por conviverem em ambientes inóspitos, que as farão migrar para regiões habitáveis… Os problemas ambientais relacionados ao aquecimento global estão em nossas tv´s todos os dias.

    Precisamos por ordem na casa, reconstruir o que destruímos. Precisamos preservar o que está intacto. Se não fizermos algo, as cenas de um planeta degradado e inabitável vão ser reais. Essa imagem não é negativista, ao contrário é apenas sinalizadora de um futuro sem abundância. Diferente da flexibilidade da economia, o meio ambiente demanda tempo para ser restituído, uma arvore frondosa depende de anos para isso, uma nascente destruída corresponderá a muitos quilômetros de rios que desaparecerão… Não se vive sem água potável. Por mais que se pense em uma economia dinâmica, o cuidado com atividades como o extrativismo, ou com exploração, devem ser levados em conta. A ânsia não pode sobrepor o zelo. De nada adiantarão multa de órgãos competentes que se perpetuam em gavetas… isso não tem diminuído a destruição… Pensem… Se houver conscientização, as multas se farão desnecessárias. O problema da degradação é cultural. Precisamos criar um contingente de indivíduos responsáveis e zeladores.

    Não há progresso sem consciência. Eleonor Roosevelt disse: “A justiça não consiste em ser neutro entre o certo e o errado, mas em descobrir o certo e sustentá-lo, onde quer que ele se encontre, contra o errado”.

    • Precisamos por ordem na casa, reconstruir o que destruímos. Precisamos preservar o que está intacto. Se não fizermos algo, as cenas de um planeta degradado e inabitável vão ser reais. Essa imagem não é negativista, ao contrário é apenas sinalizadora de um futuro sem abundância. Diferente da flexibilidade da economia, o meio ambiente demanda tempo para ser restituído, uma arvore frondosa depende de anos para isso, uma nascente destruída corresponderá a muitos quilômetros de rios que desaparecerão… Não se vive sem água potável. Por mais que se pense em uma economia dinâmica, o cuidado com atividades como o extrativismo, ou com exploração, devem ser levados em conta. A ânsia não pode sobrepor o zelo. De nada adiantarão multa de órgãos competentes que se perpetuam em gavetas… isso não tem diminuído a destruição… Pensem… Se houver conscientização, as multas se farão desnecessárias. O problema da degradação é cultural. Precisamos criar um

  15. Gostei muito achei importante pois nos incentiva a cuidar da natureza. nota 10

  16. Bom…Gosto de tudo que fale sobre meio ambiente e estudar cada vez mais sobre o assunto é melhor ainda.

  17. ola!

    parabéns o conceito do meio ambiente foi muito bem explorado e entendido.
    gostei muito
    socorro rocha
    assist. social

  18. Ana Marina, por gentileza, preciso da bibliografia do texto mencionado do EMÍDIO, 2006, p.127. Estou fazendo uma monografia e gostaria de citá-lo, fazendo referência ao seu texto.

    Obrigado.

    • Ana Marina, adorei a sua matéria, e gostaria de saber se teria como vc me enviar a bibliografia do texto mencionado do EMIDIO, 2006, pág.127, estou fazendo um artigo, e gostaria de cita-ló, fazendo referências ao seu texto. Grata.