Workshop Bate-Bola com a artista plástico Nelson Leirner

Por: ANA MARINA MARTINS DE LIMA / Ambientedomeio.com

Nelson Leiner viveu de 1947 a 1952 no Estados Unidos onde estudou engenharia têxtil, mas sem concluir o curso. Entre 1956 e 1958, estuda artes plásticas.  De volta ao Brasil, faz sua primeira exposição individual no ano de 1961, em São Paulo. Em 1967 é premiado na IX Bienal de Tóquio. Em seu trabalho realiza comentário irônico acerca do sistema de arte. Tem participado de várias exposições no Brasil e no exterior.

Na tarde de segunda-feira deu-se início o Workshop com o o artista plástico inicia sua exposição com a seguinte pergunta: O que vocês esperam que eu diga? Com o seu jeito simples, mas seguro, confessa que já fez muitos alunos chorarem, nos diz que parou de dar aula porque acha um vazio entre o s alunos e sua obra, falta ao artista de hoje o estudo da Arte, segundo ele um trabalho se torna arte, quando este é reconhecido por alguém que já é artista.

Durante o Workshop, os participantes apresentaram trabalhos, os quais receberam críticas e conselhos de Leiner e a opinião dos outros alunos.

Leiner ressaltou o processo criativo da obra e o compromisso do artista com o seu público.

Uma participante trouxe “Origami”, no qual utilizaram jornais e revistas, outra colocou junto á uma placa de resina objetos que guardava em uma gaveta, nas fotografias ficaram marcantes a presença da obra no Meio Ambiente.

Ao final deixou-nos por tarefa utilizar um lençol branco para criar uma obra cujo tema era “noivas”.

No segundo dia já muito a vontade com o grupo, questionou o seu próprio papel e a admiração que as pessoas têm por sua pessoa.

Outros trabalhos foram expostos, e neste bloco nos chamou a atenção à relação do artista e a “imagem”, que pode ser expressa por uma pintura em tecido, papel, fotografia e o uso do computador para mostrar a obra.

Eu Marina, que não era artista até então… ofereci uma salada-de-fruta  (foto de minha autoria ,que estava em papel de parede no computador), achei bem interessante a reação dos participantes, foi sugerida  uma exposição, neste momento falei sobre o “Ambiente do Meio”, Leiner disse que sua forma de contribuir com o Meio Ambiente seria filiar-se ao Green Peace.

 O resultado dos trabalhos com o lençol foi “interessante”, alguns maduros e outros infantis como descreveram o artista, destacaram-se os trabalhos que relacionaram o casamento e sua importância religiosa e o ato do casamento como um compromisso. Ao final deste dia o artista Leiner, falou um pouco de questões pessoais, família, o seu dom de cupido e nos agradeceu a participação de todos.

 Para saber mais sobre Leiner e sua obra:

http://www.itaucultural.org.br/index.cfm?cd_pagina=2720&cd_materia=157

http://www.britocimino.com.br/en-nelsonleirner.html

Espaço para sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s