Nota pública de pesar pelo incêndio no Museu Nacional

Por: SBE – Sociedade Brasileira de Espeleologia

_103261180_museu
Foto: REUTERS

É com imensa consternação e perplexidade que a Sociedade Brasileira de Espeleologia vem, através de sua diretoria, emitir esta nota pública de pesar sobre o incêndio ocorrido ontem no Museu Nacional da Quinta da Boa Vista no Rio de Janeiro.

Lamentamos por essa perda incalculável que deixa de luto toda comunidade científica brasileira, incluindo a comunidade espeleológica, que tinha o Museu como uma das principais instituições depositárias de importantes materiais provenientes de pesquisas em nossas cavernas e fruto de muito trabalho dos espeleológos brasileiros.

Desde o importante crânio de Luzia, fóssil humano mais antigo encontrado na América e descoberto em Lagoa Santa – MG até o mais diminuto invertebrado, diversas áreas do conhecimento foram fortemente impactadas com a perda de importantes coleções.

Lamentamos pela perda de diversos materiais arqueológicos, geológicos, paleontológicos e biológicos. Também lamentamos pela perda do patrimônio do Espeleogrupo Rio de Janeiro – EspeleoRio, associação filiada à SBE e que tinha grande parte de seu acervo guardada em uma das salas do Departamento de Geologia e Paleontologia no Museu Nacional.

A Sociedade Brasileira de Espeleologia solidariza-se com a direção do Museu Nacional, com a Reitoria da UFRJ, com o EspeleoRio e com a comunidade científica brasileira por essa irreparável perda disponibilizando todo o apoio que estiver ao nosso alcance.