Editorial

Sobre o Ambiente do meio:

Criado em 2007 por uma necessidade de cooperar com os jornalistas e educadores bem como pessoas leigas em sua necessidade de encontrar informações sobre questões socioambientais.

Missão:

Informar com qualidade, visando a ação para um meio ambiente sustentável baseado na Cultura de Paz e compartilhar uma nova visão de meio ambiente, norteados pela simplicidade e objetividade com qualidade e respeito aos direitos autorais.

Conquista: 

Sem receber contribuições  financeiras ou cobranças por serviços prestados a sociedade desde sua primeira publicação este conteúdo tem sido base para trabalhos acadêmicos; novas pautas para outros meios; mudanças na política de qualidade de algumas empresas; documentos de governo e estruturação de documentos judiciais no âmbito do direito ambiental e socioambiental.

Palavras da editora:  Inovar é utilizar conhecimentos científicos para preservação da vida. 

A Sustentabilidade Ecológica não pode ser vista somente no contexto ambiental como um tema distante da Economia Global, empresas devem realizar sua contribuição para minimizar o resultado que já temos das atividades que geram impacto negativo a exemplo do aquecimento do planeta, menor disponibilização de alimentos e água potável para população.

A implementação da Gestão Ambiental em uma empresa requer ética e uma visão sistêmica onde fatores socioambientais são considerados como base e fatores econômicos serão as consequências de uma valoração moral de seus colaboradores.

Preservar a natureza humana é um dever de todos, se não houver respeito aos conhecimentos  já adquiridos sobre a Biodiversidade em meios Acadêmicos e valorização de conhecimentos etnobotânicos e da sociedade, com a utilização deste conhecimento  como base para elaboração de Políticas Públicas adequadas, nós continuaremos a sofrer consequências de nosso consumo sobre o Clima do Planeta atrelados a problemas de Saúde Humana e outras questões sociais como por exemplo a morte de milhares de pessoas que ainda moram em locais de risco, expostas a riscos químicos  e a migração de pessoas entre as fronteiras de países devido ao empobrecimento local.

A degradação de um produto químico na natureza significa uma não detecção por alguns mecanismos de monitoramento e não necessariamente implica na segurança deste produto para biodiversidade e saúde humana, pois a degradação pode ser uma absorção do produto em elementos naturais não monitorados.

 Necessitamos de ética em nossas pesquisas, agências de fomento e ambientalistas não podem ceder à pressão de grandes empresas ligadas ao agronegócio, a ética é a base para permanência da vida neste planeta.  Já perdemos boa parte de nossa biodiversidade devido nosso uso indevido da tecnologia.

O jornalismo tem um papel fundamental na contribuição com a obtenção da justiça ambiental e nos esclarecimentos de fatos que envolvem os riscos à saúde humana e os impactos ambientais estando a valorização econômica de atos ambientais diretamente conectada a estes fatores.

Em meio a muitos desafios para a humanidade o maior deles é manter-se saudável mentalmente e não fazer parte de um grupo de minoria de pessoas que destroem a vida no planeta acarretando morte dos rios e biodiversidade tendo como único benefício o lucro financeiro, pessoas que fazem lei, que modificam leis e que não cumprem as leis necessárias para construção de uma sociedade.

Grande maioria das pessoas estão isoladas, não necessariamente só, podem estar em grupos com objetivos ou presas em conceitos as distanciam da realidade de mudanças imediatas. Tenha informações saudáveis não se alie a produtos comerciais de promoções ideológicas que vão contra a ética da vida. Utilize seus conhecimentos e informações para melhorar nossa qualidade de vida no sentido mais amplo do conceito de sustentabilidade que tem em si o equilíbrio socioambiental.

Sobre a autora e editora

Ana Marina Martins de Lima é Bióloga e Jornalista. Tem como formação: Bacharelado e Licenciatura Plena em Ciências Biológicas; especializações  em Gestão Ambiental e Gestão e Controle Ambiental em Serviços de Saúde e Comunicação de Risco pela Organização Pan-Americana da Saúde e Organização Mundial da Saúde.

Contato e sugestões de pauta

(11)989338998  e-mail: ambientedomeio@uol.com.br

Artista: Christian Spencer