Mensagem do Secretário-Geral sobre o Dia Internacional para Acabar com a Impunidade dos Crimes Contra Jornalistas

Por: ONU

Twitter_Cover_PR

“Em pouco mais de uma década, mais de mil jornalistas foram mortos enquanto realizavam seu trabalho indispensável. Nove em cada dez casos não são resolvidos, e ninguém é responsabilizado.

Jornalistas do sexo feminino estão freqüentemente em maior risco de serem vitimados por seu gênero, inclusive através da ameaça de violência sexual.

Só este ano, pelo menos 88 jornalistas foram mortos.

Muitos milhares foram atacados, assediados, detidos ou presos sob acusações falsas, sem o devido processo.

Isso é escandaloso. Isso não deve se tornar o novo normal.

Quando os periódicos são direcionados, as sociedades como um todo pagam um preço.

Estou profundamente preocupado com o crescente número de ataques e a cultura da impunidade.

Peço aos governos e à comunidade internacional que protejam as condições de que precisam para realizar seu trabalho.

Neste dia, eu olho para jornalistas que fazem seus trabalhos todos os dias, enquanto intimidação e ameaças. Seu trabalho – e o de seus colegas decaídos – nos lembra que a verdade nunca morre. Nem nosso compromisso com o direito fundamental à liberdade de expressão. 

Relatar não é um crime.

Juntos, vamos defender os jornalistas, a verdade e a justiça.”

 

Espaço para sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s