MTur apóia projetos de turismo de base comunitária

Colaboração de:  

Rodrigo Ramiro

Coordenação de Projetos de Estruturação do Turismo em Áreas Priorizadas.

DCPAT/SNPDTur

Ministério do Turismo

 

 

Edital de seleção foi publicado hoje e prevê incentivo a propostas com valores de R$ 100 mil a R$ 150 mil. Prazo para apresentação de propostas vai até dia 18 de julho

 

 

Brasília (04/06) – Os serviços e produtos ofertados por iniciativa de comunidades nos destinos turísticos brasileiros, tais como artesanato, alimentação, hospedagem e atividades culturais, receberão incentivo do Ministério do Turismo a partir de agosto. O Edital de Chamada Pública para Seleção de Projetos com essas características foi publicado, hoje (04), no Diário Oficial da União e o prazo de entrega das propostas termina em 18 de julho. Serão selecionados de 10 a 15 projetos e cada um receberá de R$ 100 mil a R$ 150 mil.

 

 O Turismo de Base Comunitária é protagonizado por comunidades locais e consiste em um modelo alternativo de desenvolvimento turístico, orientado pelos princípios da economia solidária, associativismo/cooperativos, valorização da cultura local. Estas iniciativas, em geral, têm dificuldades de acesso a recursos públicos e, por se tratar de atividades  diferenciadas, o MTur cria, com esta seleção, uma oportunidade de apoiar a expansão e a qualificação desses serviços  e produtos. Podem participar do processo seletivo instituições sem fins lucrativos e entidades da administração pública direta e indireta dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. Entre os resultados esperados estão maior participação das comunidades locais nos benefícios advindos da atividade turística, geração de trabalho e renda, além da qualificação das comunidades para a gestão da atividade turística.

 

As propostas serão avaliadas por um comitê técnico, que vai observar, entre outros critérios, a relevância estratégica do projeto para o desenvolvimento local e a contribuição da proposta para a geração de emprego e renda. Os projetos devem ser compatíveis com as linhas temáticas de apoio, que se dividem em: produção associada ao turismo; qualificação profissional; planejamento estratégico e organização comunitária; promoção e comercialização; e ações de fomento às práticas de economia solidária. O resultado da seleção será divulgado dia 25 de julho e os convênios assinados entre agosto e setembro para um período de 18 meses.

 

O edital de seleção de projetos de fomento a iniciativas de turismo de base comunitária será discutido no seminário Economia Solidária na Cadeia Produtiva do Turismo: Oportunidades e Desafios, que ocorrerá  dia 20 de junho, durante o 3º Salão do Turismo.

 

Veja mais;

http://www.turismo.gov.br/

 

Espaço para sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s