Tema corrupção finalmente faz parte da agenda Rio +20

Segundo a ONG Transparência Internacional o tema corrupção finalmente faz parte  da agenda Rio +20. O mais recente projeto do documento final reconhece pela primeira vez que a corrupção é um grave obstáculo à erradicação da pobreza, o combate à fome e desenvolvimento sustentável (cláusula 266).

A corrupção é a antítese do desenvolvimento sustentável. Ela fica no caminho do ensino gratuito, bloqueando uma passagem potencial para sair da pobreza. Pode significar que as pessoas não têm acesso a água potável ou um banheiro, ou morrer durante o parto em casa, porque eles não podem pagar planos de saúde.

À medida que as alterações climáticas ao longo de seu caminho perigoso, o custo da corrupção sobre o desenvolvimento se intensifica não só nos países mais pobres, mas em todos os países. Em outras palavras, se o dinheiro destinado a proteger-nos contra as tempestades extremas, secas, inundações e temperaturas de congelamento é perdido para a corrupção, todos nós estamos em sérios apuros.

Anti-corrupção vai aumentar não só a eficiência dos recursos, mas também gastar. Transparência, responsabilidade e compromisso cidadão reforçar a confiança, o que ajuda investimentos unidade e valor para o dinheiro. Em sua forma atual, o documento final pode definir o quadro para conseguir avanços reais na próxima década em relação a crescimento econômico, desenvolvimento social e proteção ambiental.

Espaço para sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s