A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) tem uma página informativa em Português sobre o surto da doença causada pelo novo coronavírus (COVID-19)

Por Organização Pan-Americana da Saúde / Organização Mundial da Saúde

No site, a Organização dá dicas sobre como evitar a propagação do vírus no ambiente de trabalho, orientações a respeito do uso de máscaras, entre outros temas relevantes
O que posso fazer para evitar a propagação do COVID-19 no meu local de trabalho?

Antes de viajar e com base nas informações mais atualizadas, seu local de trabalho deve avaliar os benefícios e riscos relacionados a planos de viagens. Evite enviar funcionários com maior risco de doenças graves (por exemplo, pessoas idosas e com condições de saúde como diabetes, doenças cardíacas e pulmonares) para áreas com propagação de COVID-19.

Além disso, as(os) funcionárias(os) que retornem de uma área com propagação de COVID-19 devem monitorar sintomas por 14 dias e medir a temperatura duas vezes ao dia. Se a(o) funcionária(o) tiver tosse leve ou febre baixa (ou seja, uma temperatura de 37,3 ºC ou mais), deve ficar em casa e se auto isolar. Isso significa evitar contato próximo (ficar a um metro de distância) com outras pessoas, incluindo membros da família. A pessoa também deve telefonar para seu profissional de saúde ou departamento de saúde pública local, fornecendo detalhes de viagens e sintomas recentes.

Funcionárias(os) também devem ser incentivadas(os) a lavarem as mãos regularmente e a manterem pelo menos um metro de distância de pessoas que estejam tossindo ou espirrando. Devem ainda cumprir as instruções das autoridades do local para onde estão viajando. Se, por exemplo, as autoridades locais lhes dizem para não ir a algum lugar, isso deve ser cumprido.


Foto: ONU/Loey Felipe

Notificação da doença causada pelo novo coronavírus (COVID-19) em 03 de março de 2020

Mundo

90.870 casos confirmados

China (incluindo Hong Kong, Macau e Taipei)

80.304 casos confirmados e 2.946 mortes

Outros países

10.566 casos confirmados em outros 72 países e territórios fora da República Popular da China, incluindo 166 mortes.

-Na Região do Pacífico Ocidental: República da Coreia* (4.812 casos confirmados e 28 mortes), Japão* (268 casos e seis mortes), Singapura* (108 casos), Austrália* (33 casos e uma morte), Malásia* (29 casos), Vietnã* (16 casos), Filipinas** (3 casos e uma morte), Nova Zelândia** (2 casos) e Camboja** (1 caso).

-Na Região da Europa: Itália* (2.036 casos e 52 mortes), França* (191 casos e três mortes), Alemanha* (157 casos), Espanha* (114 casos), Reino Unido* (39 casos), Suíça* (30 casos), Noruega* (25 casos), Áustria** (18 casos), Holanda* (18 casos), Suécia* (15 casos), Israel* (10 casos), Croácia* (9 casos), Islândia** (9 casos), San Marino* (8 casos), Bélgica** (8 casos), Finlândia* (7 casos), Grécia* (7 casos), Dinamarca* (5 casos), Azerbaijão** (3 casos), Tchéquia** (3 casos), Geórgia** (3 casos), Romênia** (3 casos), Federação Russa** (3 casos), Portugal** (2 casos), Andorra** (1 caso), Armênia** (1 caso), Belarus** (1 caso), Estônia** (1 caso), Irlanda** (1 caso), Letônia** (1 caso), Lituânia** (1 caso), Luxemburgo** (1 caso), Mônaco*** (1 caso) e Macedônia do Norte** (1 caso).

-Na Região do Sudeste Asiático: Tailândia* (43 casos e uma morte), Índia** (5 casos), Indonésia* (2 casos), Nepal** (1 caso) e Sri Lanka** (1 caso).

-Na Região do Mediterrâneo Oriental: Irã* (1.501 casos e 66 mortes), Kuwait** (56 casos), Bahrein** (49 casos), Iraque** (26 casos), Emirados Árabes Unidos* (21 casos), Líbano* (13 casos), Qatar** (7 casos), Omã** (6 casos), Paquistão** (5 casos), Egito** (2 casos) e Afeganistão** (1 caso), Jordânia** (um caso), Marrocos** (1 caso), Arábia Saudita** (1 caso) e Tunísia** (1 caso).

-Na Região das Américas: Estados Unidos* (64 casos e duas mortes), Canadá* (27 casos), Equador* (6 casos), México** (5 casos), Brasil** (2 casos) e República Dominicana** (1 caso).

-Na Região da África: Argélia* (5 casos), Nigéria** (1 caso) e Senegal** (1 caso).

-Além desses 9.860 casos nas seis regiões da OMS, foram confirmados 706 casos em um navio de cruzeiro atualmente ancorado em águas territoriais japonesas (o transporte internacional Diamond Princess) e seis mortes.

*país com transmissão local de COVID-19

**país apenas com caso(s) importado(s) de COVID-19

***país com caso(s) em investigação

Leia mais informações sobre o novo coronavírus (COVID-19) na página especial da OPAS/OMS.

Qual sua opinião sobre este tema?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s