Mutirão de laboratórios públicos e privados é criado para zerar fila de exames de coronavírus em SP

Foto: CDC

Eliane Gonçalves/ Rádio Agencia Nacional

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, passa a coordenar a rede de laboratórios para o diagnóstico do coronavírus em São Paulo.

O anúncio foi feito nessa quinta-feira, depois de vir a público que o estado tem 16 mil testes na fila de espera para serem analisados, incluindo o de 201 pessoas que morreram com suspeita de infecção pelo Covid-19.

A primeira medida anunciada pelo novo coordenador foi um mutirão envolvendo 10 laboratórios públicos, além de laboratórios privados, para zerar a fila de exames. Para Dimas Covas, a meta é que os resultados dos testes para Covid-19 sejam conhecidos em no máximo 48 horas.

Para isso, ele anunciou a compra, do governo da Coreia do Sul, de 1,3 milhão de testes moleculares que identificam o vírus, e que devem estar disponíveis em menos de 15 dias.

Sobre o uso de testes mais baratos, que identificam os anticorpos e não o vírus em si, os chamados testes rápidos, Dimas Covas disse que isso vai ser avaliado.

O número de resultados falso-negativo dos testes rápidos pode chegar até 7 em cada 10 exames feitos, segundo avaliação do Ministério da Saúde.

A prioridade dessa plataforma de laboratórios para o diagnóstico do coronavírus também foi anunciada. Primeiro, pacientes graves; depois, pacientes internados; em seguida, profissionais de saúde; e só então os outros casos, incluindo aí, os óbitos.

Essa é a segunda tentativa do governo de São Paulo de criar um pool de testagem. No dia 23 de março o governador João Dória já tinha anunciado uma rede que seria então coordenada pelo Instituto Adolfo Lutz, com a promessa de fazer até 2 mil exames por dia.

Já os testes das mais de 200 pessoas que morreram sem conhecer o diagnóstico, a força tarefa concluiu 93 exames e, entre eles, 20 casos deram positivo para Covid-19. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, a força tarefa continua trabalhando e os resultados devem ser divulgados nessa sexta-feira. Segundo o último balanço divulgado no começo da noite dessa quinta-feira, 208 pessoas morreram por coronavírus, e o estado registrou 3.506 confirmados da doença. O número é quase cinco vezes menor que o número de casos suspeitos que ainda esperam o resultado do teste.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s