OMS: vacinas devem ser distribuídas de forma igualitária entre países

Por Jonas Valente /Agência Brasil * Editado por Ana Marina Martins de Lima

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, afirmou em entrevista coletiva virtual a necessidade de assegurar uma distribuição equitativa das vacinas no mundo. O diretor-geral informou que já foram garantidos no âmbito do consórcio internacional Covax Facility 2 bilhões de doses, cujo encaminhamento a países depende agora do envio pelos fabricantes.

Mas alertou para o fato da oferta de vacinas ser bastante diferentes entre os países. Ele lembrou que, dos 42 países que já iniciaram a vacinação, 36 são ricos e seis de média renda. Acordos bilaterais têm levado ao aumento do preço das vacinas e dificultado o acesso por nações mais pobres.

“Eu apelo a países que adquiriram mais vacinas do que precisam e estão controlando a cadeia global de oferta que doem para o consórcio Covax. E apelo a países e fabricantes que parem de fazer acordos bilaterais às expensas da Covax. O tempo de distribuir as vacinas equitativamente é agora”, sublinhou.

OMS

Diferenças regionais

A vice-diretora geral da OMS, a brasileira Mariângela Simão, falou sobre os dados de eficácia da vacina do Butantan na não evolução para quadros graves e enfatizou o caráter desigual da evolução recente da pandemia no país.

“As diferentes regiões estão mostrando diferentes sinais seja de estabilização ou de aumento, especialmente no Sudeste e no Sul do Brasil”, comentou.

A diretora técnica da OMS, Maria Van Kerkhove, enfatizou a importância da observância dos dados de evolução da pandemia em cada local para pensar e colocar em prática os planos de combate à pandemia e o atendimento da população.

“Independentemente de onde você está, os dados devem orientar o que você vai fazer em seguida, as atividades de vigilância, a busca por casos, as investigações de áreas de casos. A implantação de planos deve ser guiada pela avaliação epidemiológica da situação local. Usem tudo o que está disponível para reduzir a disseminação”, defendeu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑