Covisa confirma variantes de Manaus e Reino Unido na capital de São Paulo

 Por: ASCOM/SMS

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Coordenadoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), informa que desde o início de janeiro até o momento, a capital foi notificada de 13 casos de novas variantes, sendo, nove oriundos de Manaus.

Destes, oito são residentes do Município de São Paulo e um é morador de Manaus, e internou-se em São Paulo.

Dos oito residentes do Município, apenas um deles não teve contato com pessoas vindas da região norte do país ou histórico de viagem para este local.

Outros quatro casos são da variante do Reino Unido e notificados à vigilância do município de São Paulo. Dois destes casos já haviam sido detectados no início do ano e os outros dois foram comunicados ao município na tarde desta segunda-feira (15).

Estes dois últimos casos, segundo acompanhamento da SMS, relatam não terem se deslocado, nem terem tido contato com ninguém de fora do país.

A SMS, inclusive, vai aprofundar o rastreamento dos contatos destas duas pessoas.

O Hospital Municipal Dr. José Soares Hungria, Pirituba, atendeu até o momento, sete casos entre confirmados e suspeitos da nova variante de Manaus.

Atualmente, seis casos aguardam resultado do Instituto Adolf Lutz, e um caso foi confirmado (morador de Manaus citado acima).

Dos sete, três, infelizmente, vieram a óbito; três receberam alta e um caso segue internado em estado grave em leito de UTI destinado à nova Cepa.

A Secretaria já tinha antecipado e reservado 10 leitos, totalmente isolados, para o atendimento desses pacientes. Caso seja necessário, a Unidade pode ampliar o espaço.

Além disso, orienta-se o isolamento e monitoramento dos casos suspeitos e, também, dos contatos próximos a estes pacientes, o que é realizado pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) em parceria com as 28 Unidades de Vigilância em Saúde (UVIS) da capital.

#todospelavacina

Vacinação em São Paulo:

Prefeitura já imunizou mais de 390 mil pessoas com vacina contra Covid-19 na cidade de São Paulo

376.728 pessoas foram vacinadas uma vez e 14.078 já receberam a segunda dose

Dados da Covisa, que coordena a Vigilância em Saúde na Secretaria Municipal da Saúde (SMS), mostram que até às 16h de sábado (13/02) 390.806 pessoas foram imunizadas contra a Covid-19. Desse total, 376.728 receberam a 1ª dose e 14.078 já receberam a segunda aplicação. Já são 26.486 idosos acima de 85 anos que receberam a primeira dose também até às 16h deste sábado.

Mais de 114.738 idosos acima de 60 anos (sendo trabalhadores da saúde ou moradores em situação de rua nessa faixa etária), idosos em Instituições de Longa Permanência( ILPIS), pessoas com deficiências que residem em instituições sociais (com mais de 18 anos) e indígenas já receberam a primeira dose da vacina. Além disso, 3.849 já receberam a 2ª dose.

Somente neste sábado (13), até às 16h, foram aplicadas 4.233, sendo que 2.481 foram imunizados pela primeira vez, enquanto 1.752 com pela segunda vez. Idosos com 90 anos ou mais imunizados com a primeira dose já somam 41.352 até 12/02.

Nesta fase da campanha, seguindo os critérios do Programa Estadual e Nacional de Imunização, o Programa Municipal de Imunização (PMI) aplica a 2ª dose nos profissionais de Saúde da linha de frente, idosos que vivem nas ILPIS, pessoas com deficiências que vivem em instituições sociais e indígenas aldeados da capital. Esse público-alvo foi imunizado na primeira etapa da Campanha que iniciou em 19 de janeiro de 2021.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑