Desde 2018, janeiro teve a menor área desmatada da Amazônia

Por Sayonara Moreno/ Radio Agência Nacional * Editado Por Ana Marina Martins de Lima

Foto: Ana Marina Martins de Lima

Informação é do Ministério da Defesa após análise de dados do INPE

De 2018 para cá, o mês de janeiro apresentou a menor área de alertas de desmatamento, na Amazônia. A informação é do Ministério da Defesa, que leva em conta os dados do INPE, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Em janeiro deste ano, por exemplo, a área de alertas de desmatamento foi 70% menor que a de janeiro do ano passado.

Apreensão de madeira nativa da história do Brasil, feita pela Polícia Federal na divisa do Pará com o Amazonas

Para o Ipam, Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia, a notícia merece ser comemorada se os números se consolidarem.

O governo federal atribui a redução a atuação do Conselho da Amazônia Legal, na região e também a ação das forças armadas na Operação Verde Brasil.

Os militares que atuam na fiscalização apreenderam mais de 300 mil metros cúbicos de madeira, além de um alto número de embarcações, tratores e aviões ou helicópteros desde maio de 2020. Tudo isso somou a arrecadação de multas, superior a R$3 bilhões, de acordo com o Ministério da Defesa.

Colniza, MT, Brasil: Área degradada no município de Colniza, noroeste do Mato Grosso. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Na última quinta-feira (11), o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que preside o Conselho da Amazônia, anunciou que a operação Verde Brasil vai ser encerrada na região, no dia 30 de abril. Com isso, a fiscalização deve voltar para as mãos de órgãos civis de fiscalização, ligados a ministérios, a exemplo do Ibama ou ICMBio.

Mato Gosso MT 13 09 2020-Incêndio no Pantanal A Delegacia de Meio Ambiente (Dema) apura quem são os possíveis responsáveis pelos focos de incêndio, que deram início a grandes queimadas no Pantanal. As cinco perícias realizadas pelo Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (Ciman-MT) apontaram ação humana como causa da origem das queimadas na região foto Mayke Toscano/Secom-MT

O Ambientalista Carlos Bocuhy falou em entrevista para Joven Pan sobre a Gestão Ambiental da Amazônia:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑