Descarte de Resíduos de Medicamentos

 Vital Ribeiro ( CVS- SP)

Resíduos de medicamentos requerem cuidados especiais, o primeiro deles é separar os que apresentam riscos ambientais e ocupacionais, reservando a eles cuidados que impeçam a exposição de pessoas ou contaminação do ambiente. Quanto aos não que não são classificados como RSS perigosos, existe a possibilidade de reciclagem das embalagens, não apenas as secundárias (caixas, bulas, cartuchos…), como também as primárias (que não podem ser recicladas no caso de risco químico). Caso se opte por seguir a recomendação da reciclagem, uma importante questão deve ser observada.

Conforme notícias recentes, um grande escândalo de falsificação de medicamentos que virou manchete nos jornais de Bogotá, teve como fonte de matéria prima, as embalagens de medicamentos verdadeiros descartadas ou desviadas de hospitais.

A falsificação usando parte do material original de medicamentos verdadeiros torna-se mais difícil de ser percebida.

Por esse motivo, devemos divulgar a importância de que estabelecimentos de saúde, que descartam regularmente embalagens de medicamentos como lixo comum ou reciclável, tomem cuidados em relação a garantir uma destinação adequada e segura.

A forma mais garantida é a descaracterização dessas embalagens. Triturar ou mesmo rasgar papeis, plásticos, quebrar frascos, são medidas necessárias. Existem equipamentos que automatizam esse processo, mas em pequenas unidades, isso pode ser feito manualmente.

Acho que é uma questão de responsabilidade social e ambiental, mesmo quando se entrega resíduos que serão enviados para incineração, não se pode ter total segurança quanto a esse tipo de crime, que tem início com a colaboração de funcionários de serviços de higiene, enfermagem, coleta e transporte, ou mesmo catadores de rua ou de usinas ou empresas de reciclagem. 

Vejam no link abaixo uma das notícias sobre o problema detectado na Colômbia. Não considero tão improvável que uma coisa parecida possa acontecer no Brasil.

http://www.eltiempo.com/colombia/justicia/2008-07-27/index.html

Foto: HomeroRoberge/PMT

2 comentários em “Descarte de Resíduos de Medicamentos

  1. Meu nome é Jandir, eu sou aluno do curso Tecnico de enfermagem, estou quase me formando e estava lendo alguns artigos no site de vocês, e gostaria de saber se podem me arrumar alguns materiais para o meu TCC, trabalho de auxiliar de laborátorio no curso de Farmácia da UPF, eu precisaria de material sobre resíduos medicamentosos.
    Ciente da sua compreensão desde já agradeço.
    Jandir da Luz.

    Passo Fundo, 16 de setembro de 2009.

    Curtir

Espaço para sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s