Definido Conselho Gestor da APA Marinha Litoral Sul e ARIE do Guará

A eleição foi coordenada e mediada pela Fundação Florestal

Por Barbara de Aquino

Com a participação de 16 organizações ligadas às áreas de pesca, meio ambiente, turismo e ensino/pesquisa, foi realizada a eleição, de forma paritária, sendo 12 titulares e 12 suplentes de entidades diferentes ou não, tendo o seguinte resultado:

Área: Pesca – Vagas: 04 – 02 Representantes da Pesca Artesanal (Titulares das Colônias de Iguape e Cananéia – Suplentes designados pelas Colônias*). 01 Representante da Pesca Industrial (Titular e suplente do Sindicato dos Armadores). 01 Representante da Maricultura** (Titular e suplente do Conselho da Pastoral dos Pescadores).

Área: Ambiental – Vagas: 03 – 01 Representante de Cananéia (Titular: IPeC/Suplente: Rede Cananéia). 01 Representante de Iguape (Titular e suplente: VIDAGUA). 01 Representante de Ilha Comprida (Titular: Amigos do Mar/Suplente:: Biológus).

Área: Turismo – Vagas: 03 – 01 Representante de Cananéia (Titular e suplente: Associação Comercial de Cananéia). 01 Representante de Iguape (Titular e suplente: VIVAMAR). 01 Representante de Ilha Comprida (Titular e suplente: Associação Amigos de Pedrinhas).

Área: Ensino/Pesquisa*** – Vagas: 02 – ainda não definido.

* Devido à inexistência de uma Colônia de Pesca na Ilha Comprida, as Colônias de Cananéia e Iguape passarão a suplência de suas organizações para representantes dos Boqueirões Sul e Norte, respectivamente.

** A vaga dos maricultores foi realocada para a pesca artesanal devido à falta de cadastramento dentro do prazo.

*** As instituições de Ensino/Pesquisa que enviaram justificativas para a não conclusão do cadastramento, NUPAUB/USP, UNIMONTE, IO/USP devem concluir o cadastramento até 18 de fevereiro.

No último dia 23 de janeiro, sexta-feira, às 13h00, foi realizada a Reunião da sociedade civil organizada das cidades de Cananéia, Iguape e Ilha Comprida para a Eleição do Conselho Gestor da APA – Área de Proteção Ambiental – Marinha do Litoral Sul e ARIE do Guará, na sede do Parque Estadual da Ilha do Cardoso, pela Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo – Fundação Florestal.

3 comentários em “Definido Conselho Gestor da APA Marinha Litoral Sul e ARIE do Guará

  1. ESTAR ATENTO A PRESERVAÇÃO DA NATUREZA É ESTAR PREOCUPADO COM O FUTURO, A NATUREZA NADA COBRA DE NÓS, MAIS SE DESTRUI-LA TENHA CERTEZA ESTAREMOS NOS DESTRUINDO, O PROGRESSO SEM PREOCUPAÇÃO COM O MEIO AMBIENTE É EGOISMO POIS ESTAMOS PREOCUPADOS SO COM O LADO DO PROGRESSO, TEMOS QUE SER MAIS HUMILDE E PREOCUPAR-MOS COM A VIDA DE NOSSOS ENTE QUERIDOS E A HUMANIDADE,OBSERVE AS NOTICIAS DE DEVASTAÇÃO DA NATUREZA ENCHENTES,TRAJEDIAS,TERREMOTOS,GELEIRAS DERRETENDO, SEGA, ETC, ISTO É A NATUREZA RESPONDENDO A SUA DESTRUIÇÃO.

    VIVA O MEIO AMBIENTE (PRESERVE)
    NÃO MATE A NASCENTE DE UM RIO, POIS SEM AGUÁ NÃO VIVEMOS.

    Curtir

  2. a preocupação com o meio ambiente chega, aos poderosos (EUA)
    (CHINA) (FRANÇA) ENFIM A TODOS DO MUNDO, a natureza nada faz contra nós ela so devolve o que fazem com ela,
    (todas as nações poderosas se reunem para discutirem o fato,
    é um caminho aberto para a preocupação com o meio ambiente em todas as nações do mundo.

    (sustentabilidade). futuro progresso só pensando no meio ambiente.

    atleta recordista do brasil (júlio césar candela) maratonista e fundista.

    Curtir

  3. Vejo inúmeras frases sobre meio ambiente, sinto que muitos tem vontade, gostam do tema, mas não vejo ninguém dizer que estas reuniões são muito teóricas, onde esta a prática?
    Temos muitos estudos e poucos conhecem os problemas no local, na prática, a não ser os interessados redeiros de arrasto e redeiros de malha, os matadores.
    Lendo os resultados dos estudos que os senhores apresentam, da a impressão que são pessoas de boa vontade, mas que nunca entraram em um barco para uma pesquisa na nossa região, ir literalmente conversar com quem pesca na nossa região, conversar com quem conhece realmente sobre os animais da nossa região.
    Eu li uma pesquisa sobre robalos feitas por um grupo de pesquisadores ligados as reuniões dos senhores, é de chorar, quem pesca robalos a 55 anos da vontade de chorar, estes estudos só podem ter sido feito por recém formados não sei onde o para o que , nunca estiveram em nossa região fazendo uma pesquisa séria.
    Eu conheço nosso litoral a 68 anos, toda minha vida foi junto ao mar, NUNCA VI, NUNCA, um pesquisador conversando conosco , com um amigo, com um conhecido , com alguém da região onde nasci (Praia Grande) e hoje em Bertioga.
    Como são feitas estas pesquisas, se nunca estiveram em nossa região?
    Se tiveram faltou intercâmbio com quem mora e vive na nossa região.
    Senhores , o peixe esta literalmente diminuindo e a culpa é de todos , excesso de pesca, mas principalmente dos redeiros de arrasto, das malhas, não é possível admitir, aceitar, que em cada arrasto matamos milhares de pequenos peixes em troca de alguns quilos de camarões.
    Desculpe o desabafo, mas muito em breve nossos netos, bisnetos, não terão mais estes peixes para comer.
    Abs
    Sidney M Ricco

    Curtir

Espaço para sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s