A Diversidade Revelada

 Livro com textos de Aureliano Biancarelli e fotos de Osmar Bustos, lançado pelo Centro de referência da Diversidade ( CRD – Grupo plea Vidda/SP) e Ambulatório de Saúde Integral para travestis e Transexuais (CRT/Aids-SP). Segundo Maria Clara Gianna e Artur Kalichman da Coordenação Estadual DSI/Aids- SP: a orientação sexual e a identidade dos gêneros são fatores determinantes para saúde, mas não apenas por implicarem em praticas sexuais especificas, mas também porque podem significar o enfretamento cotidiano de preconceitos e violações de direitos humanos. O Centro de Referencia e treinamento DST/Aids- SP inaugurou em 2009 o primeiro ambulatório de saúde do Brasil dedicado exclusivamente a travestis e transexuais. Mário Scheffer e Irina Bacci do Grupo Pela Vidda/SP lembram que a relação entre a epidemia da aids e a exclusão social precisa ser melhor compreendida e enfrentada, o grupo atua em parceria com a prefeitura de São Paulo desde 2008. Aureliano relata no prefácio do livro que a dependência pelo crack e a infecção pelo HIV, altamente presentes nessa população, são duas ameaças para quais as sociedades e a saúde pública ainda não prestaram atenção a impressão que salta dos relatos é a de que o amor na diversidade é mais generoso e menos opressivo do que entre casais heterossexuais. Desde que foi aberto o CDR ( Centro de Referência da Diversidade) até setembro de 2010, passaram pelo centro 1.486 pessoas e dessas 1.276 foram credenciadas atualmente o numero total de atendimento chegou a 15.406. Segundo o perfil dos cadastrados 57% são travestis, 19% gays , 11% heterossexuais, 6% bissexuais, 5% transexuais e 2% lésbicas, 52% estão desempregados , 50% moram na região da subprefeitura da Sé e 46% não realizam testes para sorologia HIV a mais de três anos. Um dos exemplos de depoimentos é o de Renata Perón drag queen que interpreta canções de MPB na noite paulistana, Renata conheceu o CDR em 2007 foi vitima da violência urbana, agredida por nove rapazes perdeu um dos rins. A proposta do livro é aceitação da sociedade de que a Diversidade existe e deve ser respeitada havendo assim uma contribuição para o controle de doenças e a diminuição da violência urbana.

1 comentário Adicione o seu

  1. Regina Passos disse:

    Gostaria de comprar esse livro, vai me ajudar muito na minha monografia, como faço para adquirí-lo?

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s