Seremos as próximas vítimas do coronavírus caso não haja harmonia nas ações de comunicação entre os tomadores de decisão

Por: Ana Marina Martins de Lima

Hoje 7 de abril   e mais uma ida para o trabalho observo muitas pessoas nas ruas: filas nos bancos e comércio aberto. 

Muitas pessoas utilizaram o dia de hoje para fazer compra de comida; arrumar o carro; ir ao salão de beleza e pagar as contas.

Trens, metrô e ônibus lotados a maioria das pessoas sem máscaras.

Pessoas retornam para suas casas na Estação da Luz – Cidade de São Paulo. Noite de 07 de abril de 2020.
Foto: Ana Marina Martins de Lima

Tudo ocorre na Cidade de São Paulo, mas com certeza se repetiu em outras partes do Brasil e do Mundo.

Isso simplesmente acontece quando não há harmonia na comunicação dos atores envolvidos em saúde pública e ausência de colaboração da população; empregados e patrões.

A responsabilidade é de todos, contudo é necessário bom senso de todos e seguimento dos direcionamentos da Organização Mundial da Saúde.

Quando você decreta neste momento que uma cidade onde há poucos casos pode retornar a uma VIDA NORMAL uma das consequências pode ser a MIGRAÇÃO de pessoas um TURISMO não controlado levando-se na bagagem o VÍRUS.

Segundo a OMS não devemos “ABAIXAR A GUARDA”; devemos seguir a orientação de profissionais da saúde e nós esperamos que estes sigam a orientação da OMS e que os nossos líderes em governança façam exatamente isso.

Nós por consequência devemos manter a calma e paciência a estratégia é demorada pois os profissionais de saúde em primeiro lugar devem ser submetidos aos testes, os profissionais de segurança, profissionais de comunicação e toda a população em áreas de risco conforme o direcionamento da epidemiologia com base em números atualizados de pessoas afetadas e de respostas positivas aos tratamentos enquanto não temos a VACINA.

Os laboratórios que realizam testes para diagnósticos são da rede publica e privada. Laboratórios da rede privada necessitam de autorização para realização de testes; alguns testes disponíveis no mercado necessitam de validação – possuir qualidade para que o resultado seja confiável e os resultados são enviados para as equipes de epidemiologia.

No Brasil segundo informação do Ministério da Saúde os casos são notificados pelos estados, a prefeitura registra o caso para o estado e o estado envia para o Ministério.

Mesmo utilizando-se máscaras segundo a OMS é necessário que a população como um todo colabore e os países de todo o mundo mantenham o isolamento “quarentena” até que o máximo de pessoas sejam testadas.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s