Índice de Sustentabilidade Empresarial

Por: Ana Marina Martins de Lima / Ambiente do Meio

Lançado em 2005 pela Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) mede o retorno de uma carteira teórica composta por ações de empresas que se destacam pela adoção de estratégias e práticas que contribuem com o desenvolvimento sustentável.

O ISE foi o 4º índice desta natureza a ser lançando no mundo. Sua metodologia foi desenvolvida pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV – EAESP (GVces). O ISE tem como objetivo propiciar um ambiente de investimento compatível com as atuais demandas de desenvolvimento sustentável da sociedade e, ao mesmo tempo, estimular a responsabilidade empresarial, isto é, a adoção das melhores práticas em diferentes aspectos, como governança corporativa, eficiência econômica, equilíbrio ambiental e justiça social.

A elaboração do questionário é o primeiro passo no processo de seleção das empresas, e conta com um processo amplo do qual fazem parte diversos setores da sociedade, como empresas, acadêmicos, especialistas, organizações da sociedade civil e indivíduos. São elegíveis ao índice as empresas emissoras das 150 ações mais líquidas da Bovespa. A carteira do ISE é composta pelas ações de até 40 empresas, ponderada pelo free-float (número de ações em circulação no mercado).

O questionário é composto por perguntas fechadas e objetivas, agrupadas em dimensões, critérios e indicadores. As dimensões são: Geral, Natureza do Produto, Governança Corporativa, Econômico-Financeira, Ambiental e Social.

Dadas as peculiaridades dos diferentes setores com relação aos aspectos ambientais, foram elaborados questionários diferenciados.

Até 2007 eram disponibilizados dois questionários, um específico para o setor financeiro e outro para os demais setores. Em 2008 as empresas foram divididas em seis grupos, de acordo com o tipo de atividade e os aspectos ambientais mais relevantes.

Os critérios para a escolha dos grupos se baseiam no consumo de recursos naturais e matérias-primas, nas emissões no processo produtivo e no consumo de água, energia e outros materiais nos processos administrativos. A análise das empresas possui um componente quantitativo (com base nas respostas fornecidas no questionário) e qualitativo (com base nos documentos enviados pelas empresas para comprovação das respostas). Com base nestas análises o Conselho Deliberativo do ISE (CISE) escolhe as empresas que irão compor o índice.

Fonte: http://ces.fgvsp.br

Mais informações: http://ces.fgvsp.br/?fuseaction=contentAlone&IDdocumento=867

 http://www.isebovespa.fgvsp.br/sugestoes/default.aspx

http://www.isebovespa.fgvsp.br/sugestoes/questionario.aspx?pag_ID=69

Espaço para sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s