Imagem

MPF cobra adoção de sistema de monitoramento eletrônico de aeronaves agrícolas

Por ASCOM/MPF

Fonte: Dr. Gabriel Lino de Paula Pires

Recomendação que fixa prazo de 60 dias para que Anac apresente um cronograma de implementação da medida integra série de ações do MPF para marcar o Dia Mundial Sem Agrotóxico.

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou à Agência Nacional de Aviação Civil(Anac) que apresente, no prazo de 60 dias, um cronograma de ações para a implementação de sistema de monitoramento eletrônico das aeronaves agrícola que pulverizam agrotóxicos. A recomendação é uma das medidas do Grupo de Trabalho Agrotóxicos e Transgênicos da Câmara de Meio Ambiente do MPF (4CCR/MPF) em alusão ao Dia Mundial Sem Agrotóxicos, celebrado em 3 de dezembro.

O MPF entende que a criação de solução tecnológica é necessária para tornar mais eficientes os processos de fiscalização da aviação agrícola e monitoramento do cumprimento das regras estabelecidas para este tipo de aeronave. A ausência de sistemas de monitoramento informatizados e georreferenciados fragiliza a identificação de responsáveis por danos a terceiros e ao meio ambiente.

Segundo o documento, a adoção do monitoramento trará como consequências eficiência e redução dos custos de fiscalização da atividade, aumento na segurança das operações, com a consequente redução de acidentes, e diminuição da concorrência desleal e predatória no setor aeroagrícola.

Outras recomendações – Em outra frente, o Ministério Público Federal no Mato Grosso do Sul apresentou recomendações a empresas para retirarem propagandas irregulares de agrotóxicos de sítios eletrônicos, placas e outdoors. Para o MPF, esse tipo de publicidade fere os direitos básicos do consumidor quanto aos riscos à saúde e segurança.

O documento aponta que o Decreto 2018/1996 determina que a publicidade deve ser restringida a programas de rádio ou TV e publicações dirigidas a ag ricultores e pecuaristas, com explicação sobre a aplicação, consumo ou utilização dos agrotóxicos , d e acordo com orientação dos órgãos responsáveis. A publicidade deve refletir as preocupações de toda a humanidade com os problemas relacionados com a qualidade de vida e a proteção a o meio ambiente.

 “Assim, serão vigorosamente combatidos os anúncios que, direta ou indiretamente, estimulem a poluição do ar, das águas, das matas e dos demais recursos naturais; a poluição do meio ambiente urbano; a depredação da fauna, da flora e dos demais recursos naturais; a poluição visual dos campos e das cidades; a poluição sonora e o desperdício de recursos naturais”, defende o MPF . As recomendações sobre propaganda irregular também propõem a assinatura de termos de ajustamento de conduta para a reparação dos danos causados e para a prevenção de futuros ilícitos.

Informações – Como parte das ações do Dia Mundial Sem Agrotóxico, o Grupo de Trabalho Agrotóxicos e Transgênicos da Câmara de Meio Ambiente solicitou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) cópia dos estudos toxicológicos relacionados ao Benzoato de Emamectina e do produto Proclaim50 da empresa Syngenta, aprovados pela Anvisa em novembro deste ano.

O MPF também requereu à agência fiscalizadora as análises que, em 2010, subsidiaram o indeferimento da autorização de registro de produtos à base de Benzoato de Emamectin. O MPF quer acompanhar a evolução dos estudos sobre o inseticida a fim de garantir que o produto não ofereça riscos à população.

Em outro documento enviado à Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, o GT Agrotóxicos e Transgênicos pediu informações sobre os recursos destinados à implementação das ações do Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica. O ofício pede que sejam detalhadas as metas alcançadas e as eventuais correções n o planejamento para 2018 e 2019.

Leia: Recomendação Anac Defensivos

Espaço para sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s